terça-feira, 23 de junho de 2009

Foi questão de tempo...

23/06/2009, 02:55h.

Os interesses movimentaram o Mundo...
O que era Sacro tornou-se Profano;
E todos deixaram de ver, quando o coração deixou de escutar.
Aí, a vida calou-se.

Foi questão de tempo...

A maior das pragas espalhou-se...
A ganância...
E trouxe com ela, a solidão.
Ninguém confiou em mais ninguém.

Pouco tempo...

Ofender ficou mais fácil do que elogiar.
Para que respeito se havia dinheiro???
Deixaram de existir Educadores, e surgiram os Professores.
Quando ensinaram aos Homens criticar.

Os pulsos da moral foram dilacerados...

A ferida permaneceu aberta...
E o Mundo sangrou.
Rios de corrupção e propina.
Pelas ruas exploração e guerra.

Agora a fé apelidada de morfina...

Valores???
Só os das almas vendidas...
E mesmo assim... Singelos.
Oceanos em sangue inocente.

Desaprenderam a sentir...

Em uma corrida desenfreada...
Ocuparam o Globo, dominaram as espécies;
Fauna e Flora, subjugadas e menosprezadas;
E ao Inferno... Deram-lhe o nome de Terra.